Arquivo da categoria ‘E o Tio Patinhas?’

E o Fim Chegou…

Publicado: 30 de novembro de 2017 em E o Tio Patinhas?
Tags:,

Ola pessoal!

Depois de 3 longos anos, finalizei o curso de Licenciatura em História pela Faculdade Estácio de Sá. Vou encerrando por aqui os meus trabalhos, e se você curtiu todos esses resumos aqui publicados, então você vai gostar deste curso que a Estácio fornece. Estudar História é sempre uma aventura. É entender como a sociedade foi se transformando no decorrer das Eras até chegar ao que nós somos nos dias de hoje – nosso modo de vestir, nosso modo de comer, nosso modo de falar, de pensar, de interagir… tudo isso faz parte da História! Não precisamos da máquina do tempo de Alexander, nem do DeLorean de Marty e Doc Brown, e muito menos da cabine telefônica de Bill e Ted. Basta apenas abrir um bom livro e explorar inúmeros registros presentes em nossa volta. Sabe aquela curiosidade que surge em você ao ver aquela foto bem antiga do seu tataravô no álbum de fotografias? Já é uma sementinha de um conhecimento histórico. Aquele desejo que te impulsiona a analisar, a pesquisar, a buscar por informações de um passado importante…. HISTÓRIA!

Enfim, vou ficando por aqui. Você tem autorização para imprimir todas as postagens deste blog, encadernar e deixar guardadinho na sua estante para futuras consultas (Até recomendo fazer isso! Vai saber até quando este blog continuará no ar). Mas não tem autorização para comercializar. Entendeu? Rum!

Para mais informações a respeito do curso de Licenciatura em História, Clique Aqui.

Também escrevi um romance intitulado Asmith, A Arqueira Destemida. Caso queira me ajudar adquirindo o livro, clique aqui.

Estou encerrando este blog, mas continuo realizando outros trabalhos aqui.

 

Desejo a todos vocês um excelente estudo, uma excelente aventura e sucessos! Sempre!

 

Deus os abençoe.

 

Marcell de Oliveira

Asmith, A Arqueira Destemida

Publicado: 18 de fevereiro de 2017 em E o Tio Patinhas?

Ola pessoal, como vão?

Minhas férias já terminaram e já estou preparando novos resumos para pôr no Blog! Neste semestre irei postar sobre Educação Ambiental, História Contemporânea (Parte 1), História da África do Século XX, História da América (Parte 2), o Brasil Republicano, entre outros assuntos bem bacana pra você que curte história!

Por outro lado, eu gostaria de aproveitar esta postagem para falar sobre o meu livro – Asmith, A Arqueira Destemida. O livro conta a história de uma arqueira que sofreu calúnias, assédios e foi injustamente condenada ao Coliseu dos Dragões. Mas, no decorrer dessa aventura, a nossa arqueira dá a volta por cima tornando-se uma justiceira!

Se você curte romances, aventuras e fantasias em épocas medievais, então vale a pena adquirir essa obra! Você pode escolher em pagar no boleto ou no cartão de crédito. Segue mais informações abaixo:

capa

CLIQUE AQUI para comprar.

tio_patinhas

Férias

Publicado: 8 de dezembro de 2016 em E o Tio Patinhas?

giphy

FÉRIAS!!!!

Até 2017.

Resumão – História do Mundo

Publicado: 29 de dezembro de 2015 em E o Tio Patinhas?

resumao

Ola pessoal!

Ainda estou de férias, mas durante os meus passeios encontrei uma pequena revista do Resumão de apenas duas páginas sobre a História do Mundo do ano 500 até os dias de hoje. Nossa… quando vi essa obra de arte, pensei: “Irado, cara! Preciso publicar no meu blog!“. O resumão é baseado na cronologia começando da Idade Média até o início do século XXI.

  • 500
    • As tribos germânicas conquistam o Império do Ocidente, dando início à Idade Média na Europa;
    • O Império Romano do Oriente passa a ser conhecido como Império Bizantino; os estudiosos, especialmente os de Constantinopla, preservam a literatura e a filosofia gregas, as ideias políticas e jurídicas de Roma e a teologia cristã;

 

  • 527-565
    • Justiniano torna-se o imperador do Império Bizantino e compila as leis no Código Justiniano, base para a maioria dos sistemas jurídicos da Europa. Justiniano vence uma série de guerras contra tribos germânicas e expande o Cristianismo;

 

  • 570
    • Maomé, o profeta do Islã, nasce em Meca, na Península Árabe. Anos depois, começará a pregar a nova religião monoteísta, o Islamismo;

 

  • 618
    • Depois de 300 anos de instabilidades e invasões, a dinastia Tang unifica a China e alcança grande prosperidade; o intercâmbio cultural obtido por meio do comércio, principalmente ao longo da Rota da Seda, exerce grande influência na vida do Japão e da Coreia, difundindo o Confucionismo, o Budismo e o sistema de escrita chinês;

 

  • 622
    • Maomé e seus seguidores vão para Medina (Hégira) e criam um exército recrutado em todos os estados árabes. Iniciam a jihad (guerra contra os infiéis e inimigos do Islã) para difundir a religião em novas terras, marcando o início de uma Era Islâmica;

 

  • 730
    • O Império Islâmico alcança seu apogeu territorial com rotas comerciais servido de conexão e união; estabelecem a tolerância religiosa para judeus e cristãos, mediante o pagamento de uma taxa especial; florescem as artes e as ciências;

 

  • 732
    • Francos e germânicos derrotam os guerreiros muçulmanos na Batalha de Tours, detendo o avanço do Islã na Europa Ocidental;

 

  • Por volta de 735
    • Caravanas de muçulmanos montados em camelos começam a usar as rotas de comércio transaarianas, entre o Mediterrâneo e a África subsaariana, difundindo o Islã; por ter o controle de grande parte do comércio de ouro e sal ao longo dessas rotas, Gana torna-se o primeiro império da África Ocidental a ter uma grande configuração territorial;

 

  • 750
    • A civilização maia (grande parte do México atual) atinge seu apogeu, com diversas cidades-estados e reinos unidos pela cultura comum e pelo comércio. A cidade maia de Tikal (na região norte da atual Guatemala) é a maior da Mesoamérica;

 

  • 768
    • Carlos Magno torna-se rei dos francos; ele conquista e unifica parte da Europa Ocidental e difunde o Cristianismo em seu reino, sendo nominado pelo papa como Imperador do Sacro Império Romano no ano 800;

 

  • Por volta de 790
    • Guerreiros vikings e colonizadores começam a deixar a superlotada terra natal (atualmente Noruega, Dinamarca e Suécia) em busca de terras e riquezas; estabelecem-se por toda a Europa e ajudam a fundar a Rússia;

 

  • 843
    • Tratado de Verdun. Após a morte de Carlos Magno (814), o reino se divide entre o que mais tarde se transformará na França, na Itália e Suíça, e no Sacro Império Romano-Germânico. Guerras civis e constantes invasões de vikings, muçulmanos e magiares levam à desintegração do poder;

 

  • Por volta de 900
    • Com o enfraquecimento dos governos centrais na Europa Ocidental, desenvolve-se o feudalismo;

 

  • 907
    • Na China, a dinastia Tang cai por pressões de rebeliões e guerras nas fronteiras; uma dinastia militar assume o governo;

 

  • 1000
    • Ataques de muçulmanos do norte da África diminuem o poder de Gana e o reino acaba se dividindo em pequenos estados muçulmanos;
    • Desaparece a civilização maia, por razões até hoje desconhecidas;
    • A população mundial é estimada em 300 milhões de pessoas;

 

  • 1070
    • Turcos seljúcidas (povo muçulmano da Ásia Central) conquistam boa parte do Oriente Médio;

 

  • 1096
    • O papa envia, de Roma, a Primeira Cruzada, formada por exércitos nobres, cavaleiros e voluntários cristãos da Europa Ocidental para “libertar a Terra Santa” do controle muçulmano;

 

  • 1192
    • Começa um período feudal no Japão, dividido em estados rivais; samurais poderosos (proprietários de terras e guerreiros) governam e lutam constantemente pelo poder;

 

  • 1206
    • Na Ásia Central, Gengis Khan une os clãs mongóis nômades e organiza o exército. Ele e seus sucessores criam o maior império territorial da história, desenvolvem o comércio e as trocas culturais;

 

  • 1271 a 1288
    • Marco Polo viaja pela Rota da Seda, controlada pelo mongol Kublai Khan; suas descrições da China aumentam muito o desejo dos europeus de incrementar o comércio e as trocas culturais;

 

  • 1291
    • Terminam as grandes Cruzadas: os muçulmanos mantém o controle da Palestina, os europeus obtêm conhecimento dos bizantinos e muçulmanos. As Cruzadas aumentaram o poder dos monarcas;

 

  • Por volta de 1300
    • A unidade do Império Mongol se desintegra. Os territórios mongóis na Rússia, Ásia Central, Pérsia e China formam territórios independentes. A pólvora da China é introduzida nas nações muçulmanas;
    • Na África, os reinos do Mali e os de cultura bantu enriquecem com a mineração de ouro, de cobre e também com o comércio com a Índia e regiões muçulmanas. O Islã se expande rapidamente. Timbuktu, capital do Mali, torna-se o centro da cultura muçulmana;

 

  • 1325
    • Nas Américas, os astecas fundam a cidade de Tenochtitlán (atual Cidade do México), que se torna a capital do crescente Império Asteca;

 

  • 1337
    • Começa a Guerra dos Cem Anos entre a Inglaterra e a França, motivada pelo controle de terras e sucessão do trono francês;

 

  • 1348 a 1350
    • A epidemia de peste bubônica (também chamada de peste negra) assola a Europa, matando cerca de 40% da população;

 

  • 1368
    • Na China, um oficial militar de família camponesa lidera uma rebelião, derrota o governo mongol e funda a dinastia Ming;

 

  • 1438
    • A civilização agrícola sul-americana expande-se a partir de Cuzco e segue pela Cordilheira dos Andes, formando o Império Inca;

 

  • 1440
    • A invenção da prensa móvel promove rápido desenvolvimento das ciências, artes e religiões graças à divulgação dos textos;

 

  • 1450
    • O Renascimento, período de profunda renovação cultural e filosófica, começa na Itália e se propaga por toda a Europa;
    • A população mundial é de 400 milhões de pessoas;

 

  • 1453
    • Termina a Guerra dos Cem Anos com a vitória da França; aceleração do fim do feudalismo e a ascensão das monarquias na Europa Ocidental;
    • Os turcos otomanos da Ásia Central usam o conhecimento da pólvora para conquistar Constantinopla, terminando com o Império Bizantino; impedem os europeus de usar as rotas terrestres de comércio para a Ásia;
    • Com as rotas terrestres bloqueadas, os europeus buscam saídas marítimas para chegar à Ásia. Começa a Era das Grandes Explorações;

 

  • 1492
    • Cristóvão Colombo cruza o Atlântico e desembarca no Caribe; reivindica a região para a Espanha e funda a primeira colônia espanhola nas Américas, até então uma terra onde viviam milhões de nativos;
    • Espanha expulsa os judeus de seus reinos, e conquista Granada, último reino muçulmano na Península Ibérica;

 

  • 1494
    • O Tratado de Tordesilhas define divisão de terras do Novo Mundo entre espanhóis e portugueses;

 

  • 1500
    • O navegador português Pedro Álvares Cabral se desvia da rota para as Índias e descobre o Brasil;
    • Na China, a dinastia Ming proporciona longo período de paz e estabilidade; a capital se muda para Pequim (Beijing) e a Grande Muralha é reconstruída;
    • A revolução comercial se desenvolve na Europa, com aumento do comércio, de investimentos e atividades bancárias;

 

  • 1510
    • Os espanhóis escravizam os nativos americanos e começam a traficar escravos africanos para trabalhar nas minas e fazendas coloniais;

 

  • 1517
    • Martinho Lutero, monge alemão, inicia a Reforma Protestante ao divulgar suas 95 Teses, nas quais critica a Igreja Católica Romana e o poder do papa. Outras religiões protestantes surgem, entre elas as evangélicas;

 

  • 1519 a 1522
    • A expedição de Fernão de Magalhães, promovida pela Espanha, torna-se a primeira a navegar em volta do mundo;

 

  • 1519 a 1533
    • A Espanha conquista os Impérios Asteca e Inca (atualmente os territórios do México e Peru); o ouro aumenta os interesses dos europeus pelas Américas;

 

  • 1522 a 1566
    • O Império Otomano atinge o auge e controla a maior parte da Eurásia; sua capital, Constantinopla, passa a se chamar Istambul;

 

  • 1534
    • Após desentendimentos, Henrique VIII rompe com a Igreja Católica e transforma a igreja da Inglaterra em religião do Estado (religião anglicana);

 

  • Anos 1540
    • A Contrarreforma tenta conter a expansão do Protestantismo; a Inquisição é encarregada de encontrar e julgar os heréticos. Os jesuítas são enviados para a Ásia, África e Américas para conquistar novos seguidores;

 

  • 1556
    • Os descendentes dos mongóis usam a pólvora para conquistar o norte da Índia, fundando a dinastia Mogul; no governo de Akbar, o Grande, florescem as artes e o conhecimento; aumenta o comércio com a China;

 

  • 1558
    • Após o reinado de sua irmã Maria I, católica fervorosa, Elizabeth I, filha de Henrique VIII, torna-se rainha da Inglaterra e retoma o Anglicanismo. Ela aumenta a riqueza e o poder do país e incentiva as artes e a literatura;

 

  • 1587
    • O xá Abbas, da Dinastia Safávida, assume o trono da Pérsia e difunde sua cultura no mundo muçulmano; uma aliança dá para a Inglaterra o controle do comércio da seda persa e das especiarias das Índias Orientais;

 

  • 1588
    • A Inglaterra vence a Armada espanhola, originando o declínio da Espanha e aumentando o poder da Inglaterra e seus esforços coloniais;

 

  • 1601
    • No Japão, o general Tokugawa unifica os estados feudais e torna-se xógum; inicia uma política de isolacionismo que culmina com o fechamento do país;

 

  • 1618
    • Começa a Guerra dos Trinta Anos, um conflito religioso entre católicos e protestantes do Sacro Império Romano-Germânico;

 

  • 1625
    • Britânicos, franceses e holandeses acompanham Portugal e Espanha e fundam colônias nas Américas;

 

  • 1642
    • O Parlamento inglês se revolta contra o rei Carlos I, dando início a Revolução Inglesa, a primeira das chamadas Revoluções Burguesas;

 

  • 1644
    • Invasores da Mandchúria conquistam a China e estabelecem a Dinastia Qing; lentamente, dobram o tamanho do Império;

 

  • 1648
    • Termina a Guerra dos Trinta Anos; a França Emerge como líder da Europa;

 

  • 1649
    • O rei Carlos I, da Inglaterra, é decapitado. Oliver Cronwell assume o governo da Inglaterra, Escócia e Irlanda como Lorde Protetor;

 

  • 1660
    • Carlos II restaura a monarquia na Inglaterra e reprime os envolvidos com o governo de Cronwell;

 

  • 1688 a 1689
    • Acontece na Inglaterra a “Revolução Gloriosa“: protestantes retomam a coroa; mais poderes para o Parlamento; monarquia constitucional é o regime;

 

  • 1698
    • O czar Pedro, o Grande, inicia as reformas que vão “ocidentalizar” a Rússia, embora a maioria da nação continue feudal;

 

  • 1700
    • Os europeus começam a estabelecer colônias no sudeste da Ásia;

 

  • 1724
    • Os líderes Qing desconfiam dos europeus e forçam a saída dos missionários;

 

  • 1750
    • Na Ásia, o Império Mogul entra em declínio; cai o Império Safávida devido a invasões; o Império Otomano continua, mas enfraquecido;
    • A população mundial é estimado em 800 milhões; a vida é majoritariamente rural, com menos de 3% do total vivendo em áreas urbanas;
    • A Europa vive longo século de revolução científica, que levou uma revolução no pensamento chamado de “século das luzes“;

 

  • 1756 a 1763
    • A competição europeia por territórios de além-mar provoca um conflito mundial conhecido como Guerra dos Sete Anos, travado no princípio entre Inglaterra e França, pela posse de territórios na América do Norte, teve o envolvimento de outras nações como Prússia, Rússia, Áustria, Rússia, Suécia e Espanha. A guerra teve reflexos na América do Norte, envolvendo as forças britânicas contra os franceses e indígenas;

 

  • 1764 a 1774
    • Para custear a Guerra dos Sete Anos, leis britânicas impõem aos colonos americanos taxas, restrições ao comércio e limitações a direitos;

 

  • 1764 a 1765
    • Os colonos protestam contra as novas leis britânicas por meio de boicotes, por escrito, pela destruição de bens taxados (o chamado Boston Tea Party) e por se unirem em um Primeiro Congresso Continental;

 

  • 1775
    • Irrompe o conflito entre colonos e soldados britânicos em Massachusetts, marcando o início da Revolução Americana;

 

  • 1776
    • Os colonos americanos líderes do Segundo Congresso Continental assinam a Declaração de Independência;

 

  • 1783
    • Depois de oito anos de luta, os colonizadores vencem a guerra revolucionária; os Estados Unidos tornam-se, oficialmente, uma nação;

 

  • 1788
    • A Constituição dos Estados Unidos é ratificada, estabelecendo como governo democrático funciona; em 1791 foram acrescentadas dez emendas à Constituição; como não foram incluídas no texto original, ficaram conhecidas como Declaração de Direitos e tratam das liberdades individuais;

 

  • 1789
    • George Washington é eleito o primeiro presidente dos Estados Unidos;
    • Crise na França. A maioria da população (o chamado Terceiro Estado) vive na pobreza, com poucos direitos, e se ressente do poder absoluto do rei;

 

  • 1789 a 1791
    • Início da Revolução Francesa. Em Paris, uma multidão ataca a Bastilha, prisão que é símbolo das injustiças da monarquia. Líderes do Terceiro Estado assumem o controle do governo, formando a Assembleia Nacional;

 

  • 1792
    • Após tentativa de fuga para a Áustria, Luís XVI é julgado e executado na França. Os radicais dominam o governo francês e executam o rei;

 

  • 1793
    • Temendo a propagação das revoluções, Grã-Bretanha, Países-Baixos, Espanha e Sardenha formam uma aliança com a Prússia e Áustria para guerrear com a França (Guerra da Primeira Coalizão, de 1793 a 1797);

 

  • 1793 a 1795
    • Período da Convenção. Em face dos riscos de reação, grupos radicais assumem o governo da França, num período marcado por muitas execuções;

 

  • 1795 a 1799
    • Alta burguesia ocupa o governo da França, no período conhecido como Diretório. Tentativas de golpes tanto para restaurar a monarquia quanto para ampliar a Revolução. Em meio a crises financeiras e escândalos na gestão, o exército ganha prestígio;

 

  • 1799 a 1804
    • Napoleão Bonaparte toma o poder e estabelece um governo ditatorial, o Consulado; unifica e simplifica as leis francesas no Código Napoleônico. Seguidas vitórias externas indicam a expansão da França na Europa;

 

  • 1800
    • A invenção de teares mecânicos, máquinas de fiar e de descaroçar algodão provocam o rápido incremento da indústria têxtil britânica; avança a Revolução Industrial;
    • A invenção de motores a vapor liberta as fábricas da dependência da energia hidráulica e provoca uma revolução no transporte com barcos e trens movidos a vapor;
    • A capital dos Estados Unidos se muda para Washington;

 

  • 1803
    • Os Estados Unidos compram a Louisiana da França, e dobram de tamanho;

 

  • 1804
    • Napoleão se autointitula imperador e continua as campanhas para construir o Império; por meio de conquistas e alianças, passa a controlar a maior parte da Europa; difunde as ideias e reformas da Revolução Francesa;
    • Inspirado pelas revoluções americana e francesa, o Haiti conquista a independência da França, na primeira revolta da América Latina;

 

  • 1806
    • O Bloqueio Continental é decretado pela França para tentar sufocar o comércio da Inglaterra com a Europa;

 

  • 1808
    • A Família Real Portuguesa transfere sua sede para o Rio de Janeiro, diante do perigo da invasão francesa no país;

 

  • 1810
    • Simón Bolívar se une à revolta da Venezuela contra o governo espanhol; até 1830, ajudará outros países sul-americanos a conquistar a independência;

 

  • 1814
    • Enfraquecido pela desastrosa invasão da Rússia em 1812, Napoleão sofre a derrota final infligida pelas forças europeias aliadas;

 

  • 1814 a 1815
    • Nobres e diplomatas da Europa se encontram no Congresso de Viena e redesenham o mapa da Europa; restabelecem as dinastias reais na França, Espanha e outros territórios anteriormente tomados por Napoleão;

 

  • 1820
    • Desenvolve-se o conceito de partes intercambiáveis, possibilitando a produção em massa;
    • O capitalismo é o combustível do crescimento industrial nos Estados Unidos e na Europa Ocidental;

 

  • 1821
    • O México passa por uma revolução bem-sucedida, torna-se independente da Espanha e entusiasma movimentos de independência na América Central; torna-se República em 1823; por volta de 1830, novos países irão se formar: Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras e Nicarágua;

 

  • 1822
    • O Brasil torna-se independente de Portugal;

 

  • 1829
    • Os nacionalistas gregos tornam-se independentes do Império Otomano;
    • Desenvolve-se nos Estados Unidos um forte separatismo: o Norte, mais industrial, proíbe a escravidão; o Sul, predominantemente agrícola, depende do trabalho escravo; o debate sobre a escravidão torna-se mais violento;

 

  • 1837
    • A rainha Vitória começa seu reinado de 64 anos; a era vitoriana será marcada pela prosperidade e grande expansão do Império Britânico;

 

  • 1838
    • Invenção do telégrafo permite a comunicação instantânea de longa distância;

 

  • 1845
    • A quebra da safra de batata causa fome na Irlanda; aproximadamente 2 milhões de pessoas morrem ou emigram, a maioria para os EUA; os irlandeses lutam para se autogovernar ou manter sua autonomia;

 

  • 1848
    • Três anos depois de anexar o Texas, os Estados Unidos vencem a guerra com o México e obtém todas as terras mexicanas ao norte do Rio Grande;
    • Marx e Engels publicam o Manifesto Comunista, argumentando que o comunismo (sistema econômico onde não existem distinções de classes e nem propriedades privadas) deve e irá substituir o capitalismo;
    • Na França, os revolucionários derrubam a monarquia e proclamam a Segunda República, provocando uma série de revoluções nacionalistas na Europa (Áustria, Itália e Prússia);

 

  • 1850
    • O método de Henry Bessemer para produzir aço mais barato atende à demanda de máquinas e estradas de ferro, ampliando a industrialização;
    • Reformistas britânicos pressionam pela primeira legislação fabril da era industrial, regulamentando o emprego de mulheres e crianças;

 

  • 1853-1856
    • Franceses e britânicos lutam com os russos na Guerra da Crimeia, pelo controle do Império Otomano; a Rússia perde a guerra;

 

  • 1854
    • Americanos forçam o Japão a abrir relações comerciais; os xóguns assinam tratados que favorecem os governos imperialistas;

 

  • 1858
    • O Império Britânico anexa a Índia como colônia, após um século de comércio, acordos com as elites locais e rebeliões de tropas locais (sipaios);

 

  • 1859
    • O naturalista britânico Charles Darwin publica sua teoria da evolução baseada na seleção natural;

 

  • 1860
    • Abraham Lincoln é eleito presidente dos Estados Unidos; temendo que ele tentasse acabar com a escravidão, 11 estados sulistas separam da União e formam os Estados Confederados da América;

 

  • 1861
    • Na Rússia, o czar Alexandre II anuncia reformas, como a libertação de todos os servos; mas os opositores radicais continuam a ganhar força;

 

  • 1861 a 1865
    • União (Estados do Norte) e Confederação (Estados do Sul) lutam na Guerra Civil Americana, um dos mais sangrentos conflitos do século XIX. A União vence e o Congresso determina a abolição da escravatura;

 

  • 1867
    • Na Grã-Bretanha, o Ato da Reforma estende o direito de voto a quase todos os homens;
    • O Canadá transforma-se em território britânico com autogoverno; começa a expansão do oeste; por volta de 1905, obterá o território atual;

 

  • 1868
    • No Japão, tratados comerciais em favor de nações imperialistas causam disputas entre os senhores locais (xóguns) e o poder central. Com a vitória do imperador e da dinastia Meiji, começam a ser feitas reformas para modernizar e industrializar o Japão;

 

  • 1869
    • O Canal de Suez é aberto no Egito, permitindo um atalho entre a Europa e a Ásia; em 1882, a Grã-Bretanha assumirá o controle do canal;
    • Os Estados Unidos terminam a primeira estrada de ferro conectado as costas leste e oeste do país;

 

  • 1870
    • As revoluções nacionalistas levam à unificação da Itália como país, tendo Roma como capital;
    • Grã-Bretanha, Estados Unidos e alguns estados germânicos são os mais industrializados do mundo;
    • Depois de décadas de mudanças de regime, a França forma a Terceira República; mesmo sendo politicamente instável, irá durar 70 anos;

 

  • 1871
    • Liderados por Otto von Bismarck e apoiados por nacionalistas, os estados germânicos são unificados formando a Alemanha; o rei da Prússia torna-se o kaiser (imperador) do país;

 

  • 1876
    • As invenções do telefone e da eletricidade começam a mudar radicalmente o dia a dia e os negócios nos países industrializados;

 

  • Anos 1880
    • A invenção do motor a gasolina torna possível a era do automóvel;
    • A expansão industrial promove o crescimento da burguesia e da classe operária. Longas jornadas, más condições de trabalho, salários baixos e trabalho infantil eram comuns nas fábricas que se espalharam pela Europa;
    • Sindicatos surgem na Europa e nos Estados Unidos para lutar por melhores condições de trabalho e de vida;

 

  • 1881 a 1894
    • A Rússia estabelece políticas para reprimir os opositores, restringindo seus direitos. Encoraja também os pogroms (violência e/ou assassinato genocida organizado) contra comunidades de judeus; a consequência dessas perseguições foi o aumento da emigração, principalmente para os EUA;

 

  • 1885
    • Conferência de Berlim reúne governantes para decidir a divisão da África (90% do continente fica sob controle europeu nas décadas seguintes);

 

  • 1889
    • Proclamação da República no Brasil; dom Pedro II e sua família seguem para o exílio na Europa;

 

  • 1898
    • Estados Unidos e Espanha entram em guerra, principalmente pelo controle de Cuba; os Estados Unidos adquirem Porto Rico, a ilha de Guam e as Filipinas, despontando como potência mundial;

 

  • 1900
    • Grã-Bretanha e França entram em acordo para definir suas “esferas de influência” no sudeste da Ásia; a maior parte da Indochina (atual Vietnã, Camboja e Laos) fica com a França, enquanto a Grã-Bretanha estende seu Império das Índias até a Malásia e Burma (atual Mianmar);
    • Os últimos trinta anos registram um fluxo de imigração de 25 milhões de pessoas, principalmente para os Estados Unidos;
    • Guerras e tratados injustos com a fraca dinastia Qing resultaram no auge da dominação estrangeira da China; Grã-Bretanha, França, Alemanha, Rússia e Japão reivindicam “esferas de influência”;
    • Um século de epidemias de cólera leva à melhoria de higiene nas maiores cidades industriais, com redes de esgoto, água tratada e coleta de lixo;
    • O Império Britânico atinge seu maior tamanho (um quarto da área da Terra e um quinto da população), tanto que “o sol nunca se põe no Império Britânico”; ou seja, o Sol sempre brilha em pelo menos um de seus territórios;
    • A instabilidade transforma os Bálcãs no “barril de pólvora da Europa”, com o Império Otomano perdendo o controle; o Império Austro-Húngaro e a Rússia querem novo território; França, Grã-Bretanha e Alemanha querem manter o equilíbrio do poder;
    • A população mundial é estimada em 1,5 bilhão; a urbanização cresce com a industrialização: cerca de 14% da população vivem em áreas urbanas;

 

  • 1906
    • Albert Santos Dumont realiza o primeiro voo motorizado da história em seu avião 14-Bis e conquista o título de “pai da aviação”;

 

  • 1911
    • Nacionalistas derrubam a dinastia Qing e acabam com o sistema imperial chinês; Sun Yat-sen torna-se o primeiro presidente da República da China;

 

  • 1913
    • Henry Ford usa a linha de montagem para produzir em massa o Modelo-T, o carro mais barato do mundo;

 

  • 1914
    • Começa a I Guerra Mundial;
    • O Canal do Panamá é aberto para navegação, sob controle dos Estados Unidos, aumentando consideravelmente o comércio global;

 

  • 1917
    • Revolução Russa: partido socialista, liderado por Lenin, assume o poder;

 

  • 1919
    • Tratado de Versalhes põe fim a I Guerra Mundial; a Alemanha aceita pagar bilhões em reparações e a responsabilidade total por ter iniciado a guerra;

 

  • 1920
    • As mulheres conquistam o direito ao voto nos Estados Unidos;

 

  • 1922
    • Sob o comando de Lênin e Stalin é formada a União Soviética (URSS);
    • Mussolini é nomeado primeiro-ministro da Itália; ascensão do fascismo;
    • Hiperinflação na Alemanha, desemprego em massa, crise econômica e social se agravam ao longo da década. Desprestígio do Partido Social Democrata;

 

  • 1927
    • Charles Lindbergh faz o primeiro voo solo cruzando o Oceano Atlântico;

 

  • 1928
    • É descoberta a penicilina, o primeiro antibiótico;
    • Na China, o líder nacionalista Chiang Kai-shek derrota os comunistas e constitui a ditadura;

 

  • 1929
    • A bolsa de valores americana quebra, marcando o início da Grande Depressão, época de terríveis problemas econômicos em todo o mundo;

 

  • 1930
    • Fim da Primeira República no Brasil. Getúlio Vargas assume o poder;

 

  • 1933
    • Ascensão do Nacional Socialismo na Alemanha; Hitler é nomeado chanceler (primeiro-ministro) da Alemanha;

 

  • 1937
    • No Brasil, Getúlio Vargas estabelece um regime ditatorial (Estado Novo);

 

  • 1939
    • Governada pelo líder nazista Adolf Hitler, a Alemanha invade a Polônia, iniciando a II Guerra Mundial;

 

  • 1940-1941
    • A Alemanha adota a estratégia da blitzkrieg (ofensiva rápida e poderosa) para conquistar a Europa; mas invade a União Soviética de modo desastroso;
    • Aviões de combate japoneses atacam de surpresa a base naval americana em Pearl Harbor, levando os EUA a entrar oficialmente na II Guerra;

 

  • 1945
    • A Alemanha nazista aceita a rendição incondicional; é formada a Organização das Nações Unidas (ONU) para prevenir futuras guerras;
    • Os Estados Unidos lançam bombas atômicas sobre Hiroshima (6 de Agosto) e Nagasaki (9 de Agosto), matando mais de 200 mil civis;
    • O Japão aceita a rendição incondicional; termina a II Guerra Mundial;
    • Getúlio Vargas é deposto; redemocratização do Brasil;

 

  • 1946
    • Com o fim da II Guerra e da Grande Depressão aumenta o índice de nascimentos na Europa, Ásia, América do Norte e Austrália (baby boom);

 

  • 1947
    • Votação na ONU determina a criação do estado de Israel e do estado palestino;

 

  • 1948
    • Israel é declarada, oficialmente, uma nação; os árabes declaram guerra;
    • O conflito entre Estados Unidos e União Soviética pelo controle de Berlim é o primeiro grande evento da Guerra Fria;

 

  • 1949
    • Criada a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), aliança militar entre os países democráticos da Europa e América do Norte. A União Soviética detona uma bomba atômica; começa a corrida armamentista;
    • Mao Tsé-tung anuncia a formação da República Popular da China;

 

  • 1950-1953
    • Com o apoio soviético, a Coreia do Norte ataca a Coreia do Sul, dando início à Guerra da Coreia; forças da ONU foram enviadas para deter a invasão; a guerra termina com o cessar-fogo e a divisão da Coreia;

 

  • 1951
    • Surgem movimentos de independência na África, a começar pela Líbia. Até o fim do século XX terá acabado o colonialismo europeu no continente;

 

  • 1955
    • O Pacto de Varsóvia cria uma aliança militar entre os países comunistas;

 

  • 1957
    • Começa a guerra entre o Vietnã do Sul, apoiado pelos EUA, e o Vietnã do Norte, comunista; as tropas americanas se envolverão na guerra de 1965 a 1973;
    • A União Soviética lança o Sputnik I, o primeiro satélite artificial;

 

  • 1959
    • Revolução em Cuba estabelece o regime socialista na ilha;
    • A invenção do microchip possibilita a criação de modernos computadores;

 

  • Anos 1960
    • Liderados por Martin Luther King Jr., os negros americanos obtêm vitórias com a aprovação da maior parte da legislação de direitos civis;
    • Brasília, inaugurada por Kubitscheck, torna-se a capital do Brasil;

 

  • 1961
    • Iniciada a construção do Muro de Berlim, dividindo a cidade;
    • Tratado transforma a Antártica em reserva natural, dedicada à paz e pesquisa científica;

 

  • 1964
    • Movimento militar depõe o presidente João Goulart e dá início a período ditatorial no Brasil;

 

  • 1967
    • Guerra dos Seis Dias: Israel, vitorioso, estende seu território;

 

  • 1968
    • Juventude francesa movimenta o país com protestos; outros movimentos de reivindicação se multiplicam nos Estados Unidos e também no Brasil;

 

  • 1969
    • Astronautas americanos são os primeiros homens a pisar na Lua;

 

  • 1973
    • O embargo árabe ao petróleo, em protesto pelo apoio dos EUA a Israel, provoca uma crise econômica mundial;

 

  • 1975
    • Termina a Guerra do Vietnã com a rendição do Vietnã do Sul;

 

  • 1978
    • Os Acordos de Camp David levam a paz ao Egito e Israel;

 

  • 1979
    • A Revolução Islâmica depõe o governo do Irã, apoiado pelos Estados Unidos; simboliza a ascensão do fundamentalismo islâmico;

 

  • 1981
    • A IBM lança o primeiro computador pessoal (da sigla em inglês PC);

 

  • 1982
    • A síndrome da imunodeficiência adquirida, ou aids, se dissemina; a epidemia matou, até 2001, cerca de 20 milhões de pessoas;

 

  • 1985
    • Fim do regime militar no Brasil;

 

  • 1987
    • Início da primeira Intifada, rebelião de grupos palestinos contra Israel;

 

  • 1989
    • Queda do Muro de Berlim, com a unificação das duas Alemanhas;
    • No Brasil, primeira eleição direta para presidente desde o golpe de 1964;

 

  • 1991
    • Guerra no Golfo Pérsico após invasão do Kuwait pelo Iraque. Os EUA lideram coalizão;
    • Lançamento da World Wide Web (www na sigla em inglês para a rede mundial de computadores) ou internet;
    • Início das guerras nos Bálcãs; fragmentação da antiga Iugoslávia;
    • Fim da União Soviética;

 

  • 1992
    • Presidentes dos EUA e da Rússia declaram o fim da Guerra Fria;

 

  • 1993
    • Criação da União Europeia, reunindo os países ec0nômica e politicamente;

 

  • 1995
    • Instituída a Organização Mundial do Comércio (OMC);

 

  • 1998
    • Lançados os dois primeiros módulos da Estação Espacial Internacional;

 

  • 2000
    • Os cientistas terminam o sequenciamento de 98% do genoma humano, identificando quase todos os genes no DNA do homem;

 

  • 2001
    • Mais de 3 mil americanos são mortos em atentados terroristas a diversas cidades; os ataques da rede terrorista Al Qaeda são nomeados pela data dos eventos, o 11 de setembro;
    • Os EUA declaram “guerra ao terror” e invadem o Afeganistão e o Iraque;
    • A população mundial atinge os 6 bilhões; a urbanização cresce rapidamente: cerca de 50% dos habitantes vivem em áreas urbanas;

 

  • A vida continua….

 

Tio Patinhas curtiu!
tio_patinhas

Férias!!

Publicado: 5 de dezembro de 2015 em E o Tio Patinhas?

Tio Patinhas, diga ao povo que tô de férias!

Um feliz natal e um feliz ano novo! Nos vemos em 2016!

tio_patinhas

Sim! É Possível Viajar no Tempo!

Publicado: 24 de novembro de 2015 em E o Tio Patinhas?

viagemtempo

Ola pessoal!

Sabia que existe diversas possibilidades de viajar no tempo? A viagem dá certo com umas fórmulas muito bem elaboradas! A primeira coisa que precisamos saber é a teoria do tempo. Precisamos saber sobre a fórmula de bhaskara e quando ela deve ser aplicada, precisamos entender por completo o teorema de Pitágoras e, se possível, tentar gravar todo o círculo da Trigonometria. E, por fim, saber adicionar a Matriz nessas fórmulas.

Você anotou? Então apague porque não é nada disso!

A mídia tem manipulado a mente de muita gente sobre a viagem ao tempo. A viagem não acontece por meio de uma máquina como no filme A Máquina do Tempo (2002) e, muito menos em um carro especial como no De Volta Para o Futuro (1985, 1989, 1990). Apesar de serem filmes irados e viciantes, eu já debati com um senhor nas redes sociais (Era do ICQ) que acreditava fervorosamente em uma tecnologia futura que irá permitir a viagem ao tempo. O cara sustentava alguns cálculos esquisitos que poderiam beneficiar na construção de uma máquina para realizar tal viagem para o tempo que quisesse – passado ou futuro. Lógico que não estou aqui para debochá-lo pois, apesar da tal crença ser uma loucura, ele era um senhor sábio em diversos outros assuntos que envolviam sociologia e antropologia.

Mas, afinal, é ou não é possível viajar no tempo? Se analisássemos por meio das ciências naturais, não é possível. Pois se você quiser voltar ou avançar no tempo, quantas vezes o fenômeno do nascer e do pôr do sol deve ser regredido ou progredido de uma forma mais veloz até chegar ao tempo destino que você escolheu? Que tipo de poder pode te dar a autonomia de modificar a rotação da terra, ou os átomos presentes na nossa cosmologia? Não é possível!

Se analisássemos por meio das ciências sociais, “parcialmente” não é possível. Pois não existe indivíduo sem sociedade e nem sociedade sem indivíduo. Você, como indivíduo, passa a existir em um determinado tempo de uma determinada sociedade, e a sociedade passa a ter uma certa coercitividade em você (baseado na sociologia de Durkheim – Link 1 e Link 2). Portanto, é impossível voltar ao passado de uma sociedade em um tempo antes de você nascer. Da mesma maneira também, é impossível viajar para o futuro onde você não existe mais (morreu). Este lance pode se coligar com as ciências naturais, pois o nosso corpo também não resistiria. Que tipo de campo poderia proteger o nosso corpo que se corrompe com o tempo? Ou que mantenha firme a atual evolução do nosso corpo, caso escolhermos um passado bem distante do nosso nascimento? Cara… isso não existe! No filme A Máquina do Tempo (2002), o Dr. Alexander acidentalmente expõe a sua mão para fora do campo magnético de sua máquina enquanto viajava no tempo, e a sua mão começou a se corroer rapidamente. Que tipo de campo é esse que pode nos proteger? Existe algum cálculo aritmético ou alguma fórmula química que possa construí-lo?

Agora… percebe-se que em questões de ciências sociais eu tinha dito que parcialmente não é possível. As ciências sociais é um ramo da ciência que analisa o homem e a sociedade em sua volta. Portanto, o homem não só interage com o seu próximo, mas também possui memória. Ou seja, o homem possui a capacidade de resgatar lembranças passadas e também planejar futuras soluções.

Então cara, viagem ao tempo só se torna possível dependendo da sua mentalidade! Quando você está passeando na rua e encontra uma moeda de um cruzado no chão que faça nascer aquela sensação boa e curiosa dentro de ti, já se transforma em uma viagem ao tempo. Ou então, quando você vai visitar sua querida avó e encontra um retrato bem antigo do avô do bisavô de sua avó! Eita! Já imaginou? Só de ter a curiosidade de perguntar para sua vó sobre aquela foto já é uma viagem ao tempo! Ou então você irá apresentar um trabalho na sua escola daqui a dois dias, e você passa a imaginar como irá se apresentar e como a turma se comportará mediante a sua apresentação… você está viajando para o futuro! Não é irado?

Os filósofos da Grécia Antiga mostravam que o homem é o único ser nesse mundo que possui virtude. Digamos que a virtude neste caso, é aquela capacidade de tentar chegar a uma perfeição em determinados aspectos da nossa vida. É o lance de saber planejar, de corrigir, de desenvolver e de se aprofundar.

A viagem ao tempo é você mesmo mergulhar nas suas lembranças e imaginar nas coisas que aconteceriam, caso não tivesse feito o que fez no passado. Compreende? Ou pensar nas consequências que provavelmente irão ocorrer caso tomar certos tipos de decisões.

Então cara, viagem ao tempo existe sim! A máquina é o seu cérebro e com ele você viaja no tempo de acordo com as perspectivas de sua memória e raciocínio! Faça um bom proveito!

 

Obrigado pela atenção.

 

Marcell

 

Tio Patinhas curtiu? Acho que sim!

tio_patinhas

penny

Ola pessoal! Tudo bom?

Sempre que ouvimos falar em tecnologia, a primeira coisa que nos vem em mente são os avanços tecnológicos presentes ao nosso redor. Sabe? Aqueles games com excelentes gráficos super realistas! Aqueles smartphones de alta capacidade de processamento e armazenamento de informações! Aquelas imagens e vídeos sendo postados na internet com ângulo de 360º! Os avanços da robótica! O lance da impressora em 3D! A fantástica obra que é o Google Maps! O lance do biochip que, segundo alguns relatos, irá digitalizar e armazenar nossas documentações dentro do nosso corpo! Enfim, são inúmeras possibilidades que imaginamos ao ouvirmos essa palavra tão linda que é a “tecnologia”!

Estou levantando este post porque eu vi um comercial do Samsung Galaxy S5 na TV e, do nada, me fez lembrar das aulas de Arquitetura de Computadores quando eu fazia faculdade de Tecnologia lá na Faesa de Vitória (ES). Teve uma aula dessa disciplina que gostei tanto que ficou meio que impossível de esquecer. Eu ainda estava no primeiro período da faculdade e era no ano de… 2006 ou 2007. E agora estamos no final de 2015! E é agora também que estou levantando um assunto sobre essa aula! 😛

Em primeiro lugar, tire da sua cabeça essa câmera digital a prova d’água ao falarmos de tecnologia. Pois a palavra “tecnologia” significa “técnica” ou um “conjunto de técnicas” levantada pelo homem para aprimorar certas atividades, ou resolver certos tipos de problemas. Portanto, acredite! A tecnologia existe desde o início da história da humanidade!

O professor que me dava aula de Arquitetura de Computadores dividiu a história da tecnologia em três ramos: Manual, Mecânica e Eletrônica.

Tecnologia Manual: É a tecnologia primitiva! Podemos mencionar as ferramentas que eram utilizadas para a agricultura, para o artesanato, além de lanças como armas de guerra ou para pescar. Podemos citar também a famosa invenção da roda e também o ábaco! O ábaco é considerado a primeira calculadora do mundo! Esse instrumento teve sua origem na China ou no Japão há mais de cinco mil anos! Sem contar também daquele tradicional bastão de madeira do homem das cavernas! Sim!! Se caso realmente o homem das cavernas utilizou um bastão como vemos nos desenhos animados, era um tipo de tecnologia da época!

Tecnologia Mecânica: É o lance da Revolução Industrial iniciada no século XVIII na Inglaterra. As pessoas deixaram de mexer diretamente com coisas artesanais e passaram a operar máquinas. Houve o surgimento das indústrias de algodão e de tecido utilizando o tear mecânico. Surgiu também a máquina a vapor, entre outras coisas. Foi o tempo onde o sistema da mecanização estava dominando a Europa.

Tecnologia Eletrônica: Agora sim! Com o desenvolvimento da Revolução Industrial, a tecnologia foi se evoluindo cada vez mais e mais! O que era mecanizado passou para o lado da eletrônica e, no meio desses avanços, surgiram os computadores, os foguetes, o homem foi ao espaço, nasceu o Pacman, apareceram os celulares tijolões e as aventuras de Jobs e Bill Gates. Conhecemos o Super Mario Bros e vibramos com as gerações do Final Fantasy!

Hoje estamos aqui, passando o resto de nossas vidas na frente do computador e, quando saímos de casa, saímos cabisbaixo. Triste? Não! Vidrado no Iphone com o fonezinho no ouvido ainda! Lembrando que a tecnologia continua avançando! Quem sabe em um futuro não tão distante algo substitui a eletrônica? Hummm…. Tecnologia Quântica?

 

Enfim, pessoal! É isso! Realizei esta postagem tendo como base uma lembrança que tive nas minhas aulas de Ciências Exatas!

 

Acho que o Tio Patinhas curtiu!

tio_patinhas